Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Minimalismo Zen

Minimalismo Zen

27 de Dezembro, 2019

Resolução para 2020

DSC_4821.jpg

© Fernando Dinis - All rights reserved

Livros. Muitos livros. E para quem tente seguir o Minimalismo, revela-se um verdadeiro problema. Quem gosta de ler, gosta do livro enquanto objecto em si, do cheiro do papel, da impressão da capa. Quem gosta de ler gosta de estantes com muitos livros, aqueles que leu e aqueles que um dia virá a ler. É uma luta interna constante, porque, quem gosta de livros, gosta de os comprar. O ritual começa desde logo na livraria.

E quando as estantes chegam ao fim? O que fazemos? Compramos mais estantes. Mas desta vez vai ser diferente. Pelo menos durante um ano. Também esgotei as estantes da minha casa, e todas as estantes da casa dos meus pais. Não há espaço para mais um livro, (há sempre a hipótese de os empilhar pelo chão, mas sou incapaz de o fazer). Dei a mim mesmo o prazo de 12 meses. Depois há que encontrar uma solução; vendê-los e ter mais espaço, voltar a ser frequentador de bibliotecas ou adquirir um e-reader.

Entretanto, vou tomar a resolução de tornar 2020 o tal ano em que deixámos para depois os livros que ainda não lemos e principalmente aqueles de que gostámos muito e andamos sempre a pensar em relê-los. Consigo assim várias coisas: não comprar (o mais importante), manter o espaço inalterado (ainda que esgotado), e ter o prazer e deleite de reler obras fantásticas, que me ajudaram a crescer, a ver o mundo sob várias perspectivas e me fizeram longas e boas companhias. 

As novidades podem esperar um ano.

5 comentários

Comentar post